Raça Nelore e seu destaque no Brasil

Raça Nelore e seu destaque no Brasil

Raça Nelore e seu destaque no Brasil

A pecuária de corte é uma atividade muito importante para a economia brasileira com faturamento de mais de R$ 618 bilhões em 2019. A raça Nelore é hoje a principal fonte da carne produzida no país, em torno de 80%.

Os primeiros animais Nelore chegaram ao Brasil em 1883 em Salvador na Bahia vindos da Índia. Em seu país, essa raça é chamada de Ongole e Nelore é, na verdade, o nome da região da qual eles são originais. O boom do Nelore no Brasil foi anos depois, por volta de 1930, quando ocorreram várias importações da raça que se destaca pela rusticidade e se adaptou facilmente ao clima quente do país.

Na década de 70 um touro de repasse pesava em média 800kg e os animais de corte eram abatidos aos 5 anos. Após muito estudo, a possibilidade de confinar, produção de rações adequadas e muito empenho em seleção de genética de qualidade essa realidade mudou totalmente. Um reprodutor hoje pesa mais de 1.200kg e os animais são abatidos aos 24 meses com mais de 22@ de carcaça.

Hoje o Nelore recebeu o título de “A Carne do Brasil”, uma carne de qualidade, maciez e muito sabor e suculência.

Você conhecia essa raça?

 

Gostou ? curta e compartilhe!